Cirurgias plásticas e associações: isto é vantajoso?

Cirurgias plásticas

Postado por Marcos Grillo em 29/mar/2017

Algumas pessoas desejam realizar várias cirurgias plásticas no mesmo ato operatório. Porém, devem levar em consideração seus riscos e cuidados

É muito importante considerar todas as vantagens e desvantagens quando se deseja passar por algum procedimento cirúrgico. No caso de cirurgias plásticas associadas, ou seja, quando se faz mais de uma no mesmo ato operatório, ou até mesmo com procedimentos de outras especialidades, é preciso pensar com muito cuidado nas vantagens e principalmente nas desvantagens das associações.

As associações mais frequentes nas cirurgias plásticas da face são com o rejuvenescimento facial (plástica da face), que pode ser realizado junto com a blefaroplastia (plástica das pálpebras), com a cervicoplastia (plástica do pescoço) ou com videoendoscopia frontal (plástica da testa).

Nas cirurgias plásticas do corpo, as associações mais frequentes são com a lipoaspiração. As escolhas frequentes são com a plástica do abdômen (abdominoplastia) ou com a plástica das mamas (mastoplastias), tanto de aumento quanto de redução. Além disso, em alguns casos, as três cirurgias plásticas são feitas no mesmo procedimento.

Pode-se, ainda, associar cirurgias menos frequentes, tais como os liftings das coxas e dos braços. Outra possibilidade, também, é a de associações de cirurgias plásticas com procedimento de outras especialidades. Os mais frequentes são com as ginecológicas, ou com a cirurgia das varizes. Porém, apenas procedimentos pequenos, ou seja, de curta duração.

Para se associar cirurgias, deve-se observar alguns critérios e ter muitos cuidados. Primeiramente, a paciente deve estar em perfeitas condições de saúde, verificadas nos exames pré-operatórios e nas avaliações cardiológica e pré-anestésica. Deve-se também, fazer uma programação de acordo com a anestesia a ser empregada e principalmente com o tempo ou duração da cirurgia, pois está provado, cientificamente, que as cirurgias longas, isto é, aquelas que ultrapassam 4 horas, têm riscos cirúrgicos e pós-cirúrgicos muito maiores que as cirurgias com duração menor de 4 horas.

Ainda há que se observar o conhecimento entre as equipes, quando se combina cirurgias plásticas com uma de outra especialidade, para que exista uma sintonia perfeita, que resulte no benefício e, principalmente, na segurança da paciente.

Portanto sempre deve-se prezar pela segurança evitando-se cirurgias longas. Para saber mais e agendar uma consulta, entre em contato com a Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Marcos Grillo:

(41) 3343-8881 ou (41) 99834-6444

Av. Sete de Setembro, 4848, no 12º andar

Acompanhe o canal do Dr. Marcos Grillo no Youtube para mais novidades em vídeo.