Mitos e verdades sobre a rinoplastia

Postado por explay em 13/jun/2022 - Sem Comentários

Está pensando em fazer uma rinoplastia? Confira alguns mitos e verdades sobre este procedimento!

Você sabia? O Brasil é o segundo país que mais faz cirurgia plástica no mundo. Segundo dados atualizados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), em 2021, os brasileiros encontravam-se em segundo lugar no ranking de número de procedimentos, ficando atrás dos EUA, realizando mais de 1.3 milhões de cirurgias plásticas no ano

A rinoplastia, procedimento que visa remodelar a estrutura nasal, sem dúvidas, é um dos mais procurados. Os motivos pelos quais os pacientes buscam esse procedimento são os mais diversos: vão desde uma melhora da proporção e aparência facial, assim como a sua autoestima, ao trazer resultados estéticos que  adequam o formato do nariz ao rosto. 

Se você tem interesse ou está se preparando para realizar esse procedimento cirúrgico, confira alguns mitos e verdades da rinoplastia mais comuns sobre esse procedimento cirúrgico. Fique por dentro!

Rinoplastia dói muito?

Mito. A rinoplastia pode gerar bastante inchaço e roxos na região facial próxima aos olhos, principalmente nas pálpebras. Entretanto, esse efeito é passageiro. A dor normalmente é leve e pode ser bem controlada por analgésicos seguros receitados pelo médico.

É normal ter dificuldade respiratória após o procedimento?

Verdade. Por conta do edema na região, é comum haver um pouco de dificuldade respiratória pelo nariz. Porém, esse desconforto passa de acordo com a recuperação do paciente, de maneira rápida e tranquila, semana após semana. 

Rinoplastia trata rinite e sinusite?

Mito. Esse é um dos mitos mais populares que existe acerca da rinoplastia. Muitos pacientes acreditam que a cirurgia pode tratar doenças alérgicas e inflamatórias como rinite e sinusite, porém o tratamento para essas enfermidades é clínico através de medicações e até homeopatia. Em casos de sinusites crônicas, o tratamento cirúrgico é realizado, como o procedimento de desvio de septo, por exemplo. Caso a rinoplastia e a cirurgia funcional do desvio de septo sejam realizadas conjuntamente, os resultados podem ser satisfatórios nesse sentido.

A rinoplastia faz o nariz sangrar após o procedimento?

Verdade. No período pós-operatório, especialmente nas primeiras 48h, é comum que o nariz sangre um pouco. Isso se dá por conta do processo natural da cicatrização após a intervenção cirúrgica quando as crostas vão se desprendendo, sem ter motivos para preocupação. Seguindo as recomendações médicas deste período, a recuperação acontecerá e, consequentemente, este desconforto também.

Não posso me expor ao sol

Verdade. Um dos cuidados principais após a realização da rinoplastia é evitar a exposição solar por pelo menos 60 dias. É importante salientar que o sol pode deixar manchas nos roxos que ficam comuns após o procedimento. Outro ponto é que a exposição solar aumenta a retenção de líquidos no nariz, o que o deixará mais inchado e poderá atrasar a recuperação.

Com essas informações, ficou mais fácil entender a rinoplastia e seus principais cuidados após a realização, não é mesmo?

Entre em contato com o Dr. Marcos Grillo e faça agora mesmo uma avaliação!

Conheça o Dr. Marcos Grillo Cirurgia Plástica

Dr. Marcos Grillo é especialista em cirurgias plásticas estéticas e reparadoras, com atuação de mais de 25 anos em Curitiba – PR.

A Clínica Marcos Grillo Cirurgia Plástica conta com ambientes para pré e pós-operatório que garantem a tranquilidade, conforto e segurança de seus pacientes e familiares antes e depois de realizarem os procedimentos cirúrgicos.