Reconstrução mamária: como a cirurgia plástica ajuda na renovar a autoestima

Postado por explay em 25/out/2021 - Sem Comentários

A reconstrução mamária é uma cirurgia plástica que auxilia mulheres submetidas ao tratamento cirúrgico do câncer das mamas a recuperar mais rapidamente sua autoestima

Uma das partes do corpo mais associadas ao sexo feminino são os seios. Ironicamente, o câncer nesta região é o que mais acomete mulheres no mundo inteiro. Com o diagnóstico precoce e posteriormente com o procedimento de reconstrução mamária, é possível tratar a doença e caminhar rumo à recuperação.

O problema é que o tratamento não envolve somente os cortes e cicatrizes resultantes da cirurgia que retira parte ou a totalidade de uma ou as duas mamas da paciente. Ele também deixa sequelas psicológicas que podem afetar profundamente a autoestima da mulher que se sente incompleta.

Até há aproximadamente trinta anos, esta questão era subjugada e poucas se sentiam no direito de querer reaver o que lhes foi tirado para preservar a vida, afinal, ela sobreviveu.

Mas daquela época até hoje, com o melhor estudo e compreensão dos prejuízos que pode trazer para a vida da mulher, é viabilizada uma alternativa: a cirurgia plástica de reconstrução mamária.

Como a cirurgia plástica ajuda na recuperação da autoestima

No ano de 2009, foram feitas 18 mil cirurgias de reconstrução mamária somente no Brasil, já em 2014, o número subiu para 103 mil cirurgias. Uma prova da importância deste passo para seguir em frente.

Diferente de outros procedimentos estéticos, este é mais delicado e exige do cirurgião, grande perícia. É preciso que ele avalie o quadro geral da paciente para entender como está a saúde do tecido da região, além de decidir qual a técnica mais adequada para cada paciente.

A reconstrução mamária pode ser imediata, quando realizada no mesmo ato cirúrgico da retirada parcial ou total da mama, ou tardia, quando realizada meses após o procedimento. Também poderá utilizar tecidos do próprio corpo assim como implantes de silicone.

A cirurgia será autorizada somente após a confirmação de que a paciente tem condições plenas para realização do procedimento, como em qualquer outra cirurgia plástica. Aqui o foco é na saúde da mulher.

Após o procedimento em que se remove as aréolas e sua cicatrização, é possível que a mulher opte, ainda, por “reconstruir” as aréolas por meio de cirurgia complementar ou de tatuagens realistas.

Diversas iniciativas já contam com projetos desse aspecto que ajudam a devolver a autoestima para mulheres que passaram pelo tratamento de câncer de mama.

Agende uma consulta com o Dr. Marcos Grillo

Se você está se recuperando de um tratamento para câncer de mama e deseja ter sua autoestima resgatada, agende hoje mesmo uma consulta conosco. Nós queremos te ajudar!

Autoestima pode ser melhorada com a cirurgia plástica.

Postado por explay em 12/jun/2019 - Sem Comentários

Uma boa autoestima é essencial para a saúde do corpo e da mente.

Hoje vamos falar sobre como a cirurgia plástica pode melhorar e aumentar a autoestima. Afinal, existe uma certa polêmica sobre o assunto, motivada por muita desinformação a respeito dos procedimentos e dos resultados obtidos.

Para começar, vamos repassar alguns conceitos básicos:

O QUE É UMA CIRURGIA PLÁSTICA?

Cirurgia Plástica é a associação entre ciência e arte para beneficiar a restauração da anatomia humana. Ela pode ser dividida em dois grandes grupos: a Cirurgia Plástica Reparadora e a Cirurgia Plástica Estética.

CIRURGIA PLÁSTICA REPARADORA

A Cirurgia Plástica Reparadora tem a finalidade de recompor a anatomia alterada, tanto pelas enfermidades congênitas quanto pelas enfermidades adquiridas.

CIRURGIA PLÁSTICA ESTÉTICA

A Cirurgia Plástica Estética tem a finalidade de prevenir e restaurar as alterações anatômicas que mudam a estética das várias partes do corpo humano.

O QUE É AUTOESTIMA?

A autoestima é o julgamento que cada um faz de si mesmo, e a capacidade de gostar de si. E o caminho mais viável para uma boa avaliação é o autoconhecimento.

Formada ao longo da infância, a autoestima pode se modificar de acordo com o contexto e o ambiente em que vivemos.

A autoestima é importante não só por questões sociais, mas também para a saúde de nosso corpo. Pessoas com boa autoestima são mais motivadas a cuidar de si, e têm menos chances de sofrer de depressão, por exemplo.

CIRURGIA PLÁSTICA E AUTOESTIMA

Quando o incômodo com algo em nosso corpo começa a afetar a autoestima, provocando mudança nos hábitos e alterações no comportamento, uma cirurgia plástica pode ajudar.

A otoplastia, por exemplo, que é a cirurgia para correção das orelhas de abano, é um procedimento relativamente simples. E pode poupar anos de bullying em uma criança, e horas de terapia na fase adulta.

Como a maioria da população mundial não é formada por monges budistas, estar bem consigo mesmo passa muitas vezes por estar bem com o seu corpo.

Se você acha que algo nele pode melhorar, procure um cirurgião plástico com credibilidade. Sem dúvidas ele fará uma avaliação técnica e profissional, e lhe indicará o melhor procedimento. Mesmo que este não seja uma cirurgia.

DR. MARCOS GRILLO CIRURGIA PLÁSTICA

O Dr. Marcos Grillo é especialista em cirurgias plásticas estéticas e reparadoras, e atua há mais de 20 anos em Curitiba com alto preparo e qualidade.

Ao lado de especialistas em regimes pós-operatórios e tratamentos pós-cirúrgicos, oferecemos segurança e bem-estar a nossos clientes.

Entre em contato, agende uma consulta avaliativa e tire todas as suas dúvidas com o Dr. Marcos Grillo. 

Naturalidade

Postado por Marcos Grillo em 01/ago/2013 - Sem Comentários

“Como você está bem!!!” …  “Como você está bonita!!!”  …   “Como você está em forma!!!” …
Estas são algumas das afirmações que denotam o melhor resultado de uma cirurgia plástica.
O resultado natural de uma cirurgia plástica é o mais importante. As pessoas ao redor não podem imaginar que a paciente fez uma cirurgia.

“Como sua cirurgia plástica ficou boa!!!” …. denota a falta de naturalidade, o exagero, a artificialidade de um resultado cirúrgico. Muitas vezes supercílios muito altos, narizes arrebitadíssimos, pescoços extensivamente angulados, mamas arredondadas demais, barrigas super esticadas, são bonitos em fotografias de congressos de cirurgia plástica mas … na maioria das vezes são desproporcionais ao restante da face, do tronco e da silhueta.

Portanto, naturalidade e proporcionalidade são os objetivos principais de uma cirurgia plástica bem feita!

Aumentam as cirurgias plásticas em homens

Postado por Marcos Grillo em 30/Maio/2013 - Sem Comentários

A cada ano que passa, o número absoluto de cirurgias plásticas em homens aumenta.

Hoje estas representam entre 10 e 15% das cirurgias nas mulheres. As mais procuradas  são a lipoaspiração, o transplante capilar, a rinoplastia e abdominoplastia.