Boa alimentação favorece uma melhor cicatrização de feridas

Postado por Marcos Grillo em 25/set/2018

A boa alimentação favorece todos os aspectos da sua saúde, mas você sabia que uma alimentação programada também pode te ajudar a cicatrizar melhor os ferimentos do pós-operatório?

Sim, é verdade! Não é nenhuma novidade que, conforme o ditado prega, somos aquilo que comemos. Todo o corpo sente qualquer alteração em nossa dieta. Por isso é muito importante manter os níveis de ingestão de todas as substâncias indispensáveis à manutenção do nosso organismo em dia. A falta de qualquer nutriente essencial pode nos levar a falhas catastróficas do organismo, doenças e suscetibilidade a vários tipos de microorganismos malignos e nocivos. Opostamente ao déficit de nutrientes, existem dietas que visam favorecer vários aspectos do físico humano: dietas para quem tem problemas estomacais, para quem deseja engordar ou emagrecer, dietas para quem quer melhorar a condição da pele… e nesse caso entram implementos dietários que podem te ajudar a cicatrizar melhor!

Componentes de uma boa alimentação

Pequenas alterações na sua alimentação podem ajudar (e muito!) o processo de cicatrização de um ferimento, em um cenário pós-operatório ou não. Isso porque determinados alimentos estimulam a produção de substâncias que auxiliam o crescimento do tecido, suavizando marcas e abaixando o risco de criação de quelóides, além de acelerarem o processo de fechamento da ferida. Confira alguns deles:

 

Componentes que não devem constar em sua alimentação

Da mesma forma que alguns alimentos auxiliam o processo anti-inflamatório, alguns outros atrapalham. Alimentos com muito açúcar e ricos em gordura são péssimos para essas situações. Açúcar em pó e até mesmo o mel são contraindicados para um período de recuperação de uma cirurgia, tanto quanto carnes gordas e chocolates.

 

Agende uma consulta ligando para os números (41) 3343-8881 | (41) 99834-6444 ou através da nossa página de contato.

 

Fontes: