Arquivo do Autor

Explante de silicone: aumenta a procura pelo procedimento

Postado por explay em 25/Maio/2022 - Sem Comentários

Conheça os principais motivos que influenciam pacientes a optarem pelo explante de silicone

O número de pacientes que optam pelo explante de silicone tem crescido cada vez mais no Brasil. É o que mostra os dados da Sociedade Brasileira de Mastologia. Só em 2020, foram realizados cerca de 25 mil procedimentos para retirada de próteses mamárias.

Segundo a entidade, a justificativa para este aumento na procura pela cirurgia de remoção está mais relacionada a fatores culturais do que à saúde.

Para entender melhor como o procedimento é realizado e os principais motivos para sua realização, continue a sua leitura.

Por que optar pelo explante de silicone?

A cirurgia de remoção das próteses mamárias pode estar atrelada a diversos fatores, desde a necessidade de substituição a cada 10 anos de uso até mesmo a problemas relacionados ao implante. Veja alguns exemplos:

Contratura capsular: uma reação do organismo que provoca dores e outros desconfortos e requer intervenção cirúrgica para correção e troca das próteses.

Ruptura da prótese: nestes casos, a troca da prótese é obrigatória.

Influência das redes sociais: pessoas que desejam reduzir o tamanho dos seios ou simplesmente decidem por uma melhor aceitação do próprio corpo.

Mas independente de qual seja a sua motivação para realização do explante, é importante deixar claro a importância de buscar um profissional especialista e com experiência neste tipo de cirurgia plástica, para garantir uma boa recuperação e o resultado desejado.

Quais as opções de técnicas cirúrgicas?

Pode-se simplesmente retirar os implantes e a cápsula que os envolve, pela mesma incisão que foi utilizada quando da sua colocação. Indicado para mamas que ainda não ptosaram (caíram).

Pode-se optar pela retirada dos implantes, sua cápsula e realizar a pexia (levantamento) das mamas. Indicada para as mamas que já ptosaram (caíram).

Ainda pode-se associar ás técnicas anteriores , o enxerto de gordura para aumentar um pouco o volume das mamas.

Agenda uma consulta com o Dr. Marcos Grillo

Especialista em cirurgias plásticas estéticas e reparadoras, o Dr. Marcos Grillo atende em Curitiba há mais de 20 anos, com alto preparo e infraestrutura completa.

Aqui, você realiza o procedimento que melhor atende suas necessidades com informações precisas e técnicas de qualidade.

Para agendar uma consulta, acesse o site e garanta seu horário.

Mastoplastia ou Mastopexia? Entenda a diferença

Postado por explay em 20/Maio/2022 - Sem Comentários

Seja para aumentar o volume dos seios ou apenas levantá-los, a mastoplastia e a mastopexia estão no topo das cirurgias plásticas mais solicitadas

Entre as cirurgias plásticas mais requisitadas pelas pacientes de clínicas de estética estão as mastoplastias, ambas recomendadas para correções dos seios, porém com indicações diferentes para cada procedimento.

Neste blog, você vai conhecer as principais características e para quais casos elas são mais indicadas. Continue sua leitura e descubra!

Devo fazer qual tipo de mastoplastia?

Mastoplastia é o nome “genérico” para todos os tipos de cirurgias plásticas mamárias.

Esta decisão vai depender primeiramente do objetivo que você deseja alcançar. Em resumo, a mastoplastia de aumento é recomendada para aumentar o tamanho dos seios, enquanto a mastopexia é toda cirurgia em que se faz o levantamento das mamas destinada para corrigir o caimento natural das mamas, que ocorre com o passar do tempo.

Mas as diferenças não param por aí. Entenda mais a seguir.

Tipos de mastoplastia

Existem 3 tipos deste procedimento que podem variar conforme a necessidade de cada paciente.

Mastoplastia redutora: diminuir o volume e moldar as mamas;

Mastoplastia de aumento: aumenta o volume das mamas com implante mamária;

Mastoplastia reconstrutiva: reparo das mamas e de pacientes que se submeteram a uma mastectomia para tratamento de câncer. 

Mastopexia

Indicada para correção da ptose (queda) da mama. Por meio do procedimento cirúrgico, é possível retirar o excesso de pele e gordura da região. A musculatura e as aréolas são reposicionadas, elevando as mamas com mais naturalidade.

O uso de prótese de silicone nem sempre é necessário, mas esta alternativa pode variar de acordo com cada caso.

Quer saber mais sobre os procedimentos? Agende uma consulta com o Dr. Marcos Grillo, médico especialista em cirurgias plásticas estéticas e modeladoras. Há quase 30 anos no mercado, ele atende em sua clínica em Curitiba.

Tipos de tratamento para “umbigo triste”

Postado por explay em 19/abr/2022 - Sem Comentários

Saiba o que é umbigo triste e conheça as principais causas e tratamentos.

O umbigo ou cicatriz umbilical faz parte de uma região do corpo que está diretamente relacionada à beleza e por isso, sua aparência pode afetar a autoestima de quem possui o chamado umbigo triste.

Mas afinal, você sabe sabe o que é isso? Em resumo, existe uma quantidade de pele que se sobrepõe ao umbigo, deixando-o com uma aparência caída, como se estivesse mesmo “triste”.

Veja quais são as principais causas do umbigo triste:

  • Variações do peso;
  • Após gestação;
  • Após lipoaspiração;
  • Uso prolongado de piercing.

Mas caso você queira mudar a estética do seu umbigo, saiba que existem alguns tratamentos que podem te ajudar, confira a seguir.

Tratamentos para umbigo triste

Existem algumas soluções cirúrgicas e não cirúrgicas que podem melhorar a aparência do abdômen, mais especificamente do umbigo, para que você se sinta mais confortável em situações de maior exposição, como a praia, por exemplo.

  • Cirurgia para ressecção do excesso da pele, em meia lua, sobre a cicatriz umbilical; 
  • Radiofrequência: diminui a gordura localizada e estimula a produção de colágeno, nos casos muito leves;
  • Bioestimuladores injetáveis: trata a flacidez da pele, nos casos muito leves; 
  • Exercícios físicos: além de melhorar a aparência estética, também promove a perda de peso e  qualidade de vida.

Este conteúdo te ajudou? Acesse o nosso blog e fique por dentro de mais informações como esta.

Agende uma consulta com o Dr. Marcos Grillo

Há vinte anos realizando Cirurgias Plásticas estéticas e reparadoras, o Dr. Marcos Grillo é Cirurgião Plástico, Mestre e Doutor em Cirurgia Plástica formado pela Universidade de São Paulo. 

Pós-operatório: conheça a importância da cinta para abdominoplastia

Postado por explay em 12/abr/2022 - Sem Comentários

Você tem alguma dúvida sobre a importância da cinta para abdominoplastia? Leia nosso blog e saiba mais.

Para uma boa recuperação no pós-operatório é muito importante que o paciente utilize uma cinta para abdominoplastia ou cinta modeladora, como preferir.

Durante o processo de recuperação de uma cirurgia plástica, a cinta ajuda a manter a região operada protegida, deixando a musculatura mais firme e a postura ereta, além de reduzir o edema das regiões operadas, contribuindo para resultados mais satisfatórios.

Normalmente o tempo de utilização do item pode variar de três a seis semanas, iniciando logo após a realização do procedimento. 

Veja a seguir algumas dicas de uso das cintas modeladoras.

Como utilizar a cinta para abdominoplastia?

Para evitar o efeito contrário do que está procurando, é preciso ter alguns cuidados durante o uso da cinta pós-operatória.

  • Não deixe muito apertada;
  • Prefira os modelos com velcro ou colchetes, pois são confortáveis e fáceis de colocar;
  • Verifique se ela está completamente encaixada ao seu corpo;
  • Não deixe dobras, para evitar o desconforto.

A principal dica é seguir sempre as recomendações médicas, e isso precisa começar logo nos cuidados pré-operatórios, para garantir que os resultados desejados sejam alcançados.

Onde encontrar a cinta pós-operatória?

Você pode encontrar as cintas modeladoras em lojas de lingeries, de itens pós-operatórios ou em lojas dedicadas a produtos ortopédicos e clínicos. 

Caso tenha alguma dúvida sobre o modelo ideal para o seu caso ou como utilizá-la, pergunte ao seu médico e evite complicações no seu processo de recuperação.

Conheça o trabalho do cirurgião Dr. Marcos Grillo

Especialista em cirurgias plásticas estéticas e reparadoras, o Dr. Marcos Grillo atua em Curitiba há mais de 20 anos, com alto preparo e qualidade. 

A Clínica Marcos Grillo Cirurgia Plástica conta com ambientes para pré e pós-operatório que garantem a tranquilidade, conforto e segurança de seus pacientes e familiares antes e depois de realizarem os procedimentos cirúrgicos. 

Acesse o site e saiba mais.

Por que escolher um profissional especialista para fazer Botox® no rosto

Postado por explay em 21/mar/2022 - Sem Comentários

Apesar de ser um procedimento simples e indolor, a aplicação de Botox® no rosto deve ser feita por um profissional especialista para evitar possíveis complicações. 

No ano de 2019, de acordo com a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética (Isaps), a toxina botulínica foi o procedimento não cirúrgico mais utilizado no Brasil e no mundo. Cada vez mais procurado, o Botox® no rosto é muito requisitado para obter rejuvenescimento facial. 

 

Apesar de ser simples, rápido e seguro, o procedimento deve ser realizado por um profissional muito qualificado. Entenda agora neste post por que você deve escolher um profissional especialista  para a aplicação do Botox®. 

O que é a toxina botulínica e para que serve? 

 

A toxina botulínica, conhecida comercialmente como Botox®, é uma medicação aplicada em diversos pontos da musculatura alvo que reduz a sua força. Com isso, ela é capaz de eliminar ou reduzir significativamente as rugas da testa, entre os supercílios e também os “pés de galinha”. 

 

Esse procedimento, no entanto, não se restringe apenas à testa. Pode ser aplicado em outras regiões da face, como no nariz e pescoço. 

 

Usada desde os anos 90 para o tratamento de doenças, como espasmos, contrações musculares em pacientes parcialmente paralisados e até mais recentemente para o alívio de enxaquecas. 

 

Outra indicação para a realização do Botox®  é a hiperidrose, um suor excessivo que afeta regiões como as plantas dos pés, palma das mãos e axilas, auxiliando assim na redução da sudorese excessiva. 

 

As contraindicações da aplicação da toxina botulínica são para gestantes e lactantes, pacientes com infecções crônicas agudas ou ainda que passaram recentemente por um procedimento cirúrgico. Pessoas que possuam algum tipo de alergia aos componentes da substância também não podem passar pelo procedimento. 

Como é feita a aplicação? 

 

A aplicação do Botox® no rosto é feita com a utilização de anestesia tópica e tem uma duração rápida, aproximadamente 10 minutos, sem trazer incômodo para a paciente. São feitas injeções nos locais desejados, diretamente nos músculos.

 

Por se tratar de um procedimento simples, é possível retornar às atividades normalmente após passar pela aplicação. Mas é orientado que não se esfregue ou massageie a área que recebeu a injeção. 

Quem pode aplicar o Botox® no rosto? 

 

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a toxina botulínica é um procedimento minimamente invasivo. No entanto, sua aplicação deve ser feita por profissionais autorizados, como um cirurgião plástico, pois ele saberá todos os cuidados para o uso da substância. 

Como escolher o profissional correto? 

 

Procure sobre o profissional que vai fazer o procedimento e escolha um especialista com bastante experiência, pois mesmo sendo considerado simples, o Botox® é uma substância que será injetada  no seu corpo. Saiba as formações e experiência do profissional com o procedimento. 

 

Também é fundamental levar em conta o produto, já que a marca da toxina botulínica utilizada precisa ter aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Isso significa que elas são seguras para aplicação no corpo. Atualmente são cinco aprovadas para utilização: Botox, Dysport, Xeomin, Prosygne e Botulift. 

Quais os riscos de uma incorreta aplicação para a paciente?

 

Ao realizar o procedimento do Botox® no rosto com um profissional não especializado e produtos de má qualidade, algumas complicações podem acontecer. Entre as mais comuns estão o rosto paralisado, queda das pálpebras, contaminação e assimetria facial.

 

Escolha um profissional especialista e com muita experiência para fazer Botox® em Curitiba 

 

Procura por um profissional de confiança para aplicar Botox® no rosto em Curitiba? Conheça o Dr. Marcos Grillo. Cirurgião plástico com mais de 25 anos de experiência e formação qualificada em universidades como Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Federal do Paraná (UFPR). 

 

9 mitos e verdades sobre cirurgia plástica

Postado por explay em 14/mar/2022 - Sem Comentários

Conheça alguns mitos e verdades sobre cirurgia plástica que todo mundo quer saber.  

 

A busca por cirurgias plásticas é cada vez mais comum nos dias de hoje. Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) demonstram isso. Mais de 1,5 milhão de procedimentos cirúrgicos estéticos e não estéticos são realizados todos os anos no país. Mas quais são os mitos e verdades sobre cirurgia plástica mais debatidos entre as pessoas?

 

Este post é para você que deseja saber mais sobre a cirurgia plástica e diariamente se depara com muitas questões que envolvem os procedimentos. Continue aqui a leitura e entenda mais sobre o assunto. 

 

Não existem restrições para passar por uma cirurgia plástica

O primeiro, e um dos mais comuns questionamentos para a nossa lista de mitos e verdades sobre cirurgia plástica é mito.

 

As cirurgias plásticas estão indicadas para pessoas que não possuem problemas de saúde ou apresentem alguma doença que esteja controlada e seus exames pré operatórios e suas avaliações cardiológicas e pré anestésica demonstrem aptidão para o procedimento indicado.

 

No caso dos fumantes, não há um impedimento. Porém, é  imprescindível evitar o tabagismo nos sessenta dias que antecedem a cirurgia e nos trinta dias após a cirurgia, para evitar complicações.

 

A cirurgia plástica pode ser feita em qualquer idade 

Depende. Algumas cirurgias são indicadas para pacientes ainda crianças ( após os sete anos), como é o caso da Otoplastia, conhecida popularmente como cirurgia para corrigir “orelha de abano”. Outras, como a rinoplastia, a partir dos quinze anos.

 

Entretanto, a maioria dos procedimentos cirúrgicos,  são recomendados a partir dos 18 anos. Assim é possível ter um maior amadurecimento do próprio indivíduo e do seu desejo pela cirurgia. 

 

Mulheres são as que mais procuram por procedimentos 

Verdade. Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps), em 2018 as mulheres foram responsáveis por 87,4% dos procedimentos estéticos feitos no mundo. 

 

Não é necessária nenhuma preparação 

Mito. O primeiro passo está na escolha do cirurgião responsável. Procure por um profissional de confiança e com muita experiência na área. Antes de passar por qualquer tipo de procedimento cirúrgico, também é preciso se submeter a uma bateria de exames, avaliações e ter toda uma preparação até a data da cirurgia. 

 

Cirurgia plástica é somente para estética

Mito. Nem toda cirurgia plástica é feita para fins estéticos, sendo esse questionamento um dos mais famosos entre os mitos e verdades sobre cirurgia plástica. Em certos casos, os procedimentos são indicados para melhora da saúde e qualidade de vida do paciente, como por exemplo a cirurgia para redução das mamas. 

 

É indicado evitar o sol após uma cirurgia plástica

Verdade. Após qualquer tipo de procedimento, a recomendação é que o sol seja evitado. A explicação para isso é que a luz solar pode trazer escurecimento para as cicatrizes ou até mesmo o surgimento de manchas. 

 

Mais de um procedimento pode ser feito ao mesmo tempo 

Verdade. Hoje em dia duas cirurgias plásticas podem ser feitas ao mesmo tempo, ou seja, na mesma cirurgia. Apesar disso, cada caso precisa ser avaliado individualmente pelo cirurgião responsável e depende do perfil de cada paciente. 

 

Não existe nenhum risco 

Mito. Toda cirurgia possui riscos, isso não é diferente nas cirurgias plásticas, e eles aumentam caso um médico não qualificado seja escolhido para o procedimento. A preparação anterior à cirurgia plástica também se faz importante, em razão do planejamento e análise da saúde do paciente. 

 

Apenas cirurgiões plásticos podem realizar o procedimento

Verdade. Os únicos profissionais autorizados a realizar as cirurgias plásticas, são aqueles formados em Medicina com residência em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica e com título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Essa exigência é feita pelo Conselho Federal de Medicina. 

 

Faça sua cirurgia plástica em Curitiba com o Dr. Marcos Grillo 

 

Agora que você está por dentro de alguns mitos e verdades sobre cirurgia plástica, já está mais que preparado ou preparada para colocar a sua vontade em prática. 

 

Procura por um profissional qualificado e com experiência nas mais diversas cirurgias plásticas estéticas e reparadoras? Conheça o Dr. Marcos Grillo. Médico, especialista em Cirurgia Geral e Plástica e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Pós-operatório da lipoaspiração: conheça os cuidados necessários depois do procedimento

Postado por explay em 22/fev/2022 - Sem Comentários

Entenda mais sobre o pós-operatório da lipoaspiração, procedimento em que se realiza a remoção do excesso da gordura localizada de diferentes regiões do corpo 

A lipoaspiração é um dos procedimentos cirúrgicos mais procurados pelos brasileiros. Ela consiste na retirada do excesso de gordura de determinadas regiões do corpo por meio de cânulas específicas para o procedimento. Mas como acontece o pós-operatório da lipoaspiração? É sobre isso que vamos falar no post de hoje. 

Para quem está próximo de realizar a cirurgia ou tem pesquisado sobre o tema, continue a leitura até o fim e saiba mais sobre a recuperação após a realização do procedimento. 

Como é o pós-operatório de uma lipoaspiração?

Antes de tudo, é preciso destacar que os cuidados com a recuperação é parte imprescindível para o sucesso do procedimento, já que o corpo necessita se recuperar para conseguir voltar a vida normal. Por isso, seguir as recomendações do médico cirurgião é fundamental para garantir uma recuperação saudável. 

Qual o tempo de repouso? 

O tempo de repouso da lipoaspiração é de, na maioria dos casos, de três a sete dias após a alta hospitalar. 

Durante esse tempo, não devem ser feitas atividades físicas, até a completa recuperação, e atividades que demandam maior esforço físico podem ser praticadas após 20 dias. No entanto, tudo isso vai depender da orientação do médico que realizou o procedimento. 

Além disso, para limitar o inchaço do novo contorno corporal, o uso de cinta modeladora e placas se faz necessário pelo período de quarenta dias.

Quais os cuidados com a alimentação após uma lipoaspiração? 

Após a cirurgia, é muito importante manter a hidratação. Com isso, a ingestão de líquidos deve ser intensa e podem ser ingeridos água, água de coco ou isotônicos. 

No que se refere a alimentação, já que o corpo passou por um procedimento cirúrgico, é preciso manter uma boa alimentação, com frutas, verduras, legumes e carnes magras. 

Devem ser evitados alimentos ricos em gorduras saturadas, açúcares refinados, bem como embutidos, enlatados e industrializados. 

Quanto tempo leva para desinchar?

O tempo que o inchaço leva para passar varia muito, contudo a média é de 4 a 6 semanas. Ainda assim, é essencial pontuar que cada pessoa possui seu organismo e eles funcionam de formas diferentes, e por isso esse tempo não é fixo. 

Escolha um profissional de confiança para a sua realizar a sua lipoaspiração 

Chegou até e conseguiu entender mais um pouco sobre o pós-operatório da lipoaspiração? 

Na hora da realização do seu procedimento, escolha um profissional de referência e credibilidade, para ter mais segurança no sucesso da cirurgia. 

Conheça o Dr. Marcos Grilo, Cirurgião Plástico, Mestre e Doutor em Cirurgia Plástica formado pela Universidade de São Paulo (USP), que realiza Cirurgias Plásticas estéticas e reparadoras desde 1994. Agende agora mesmo sua consulta!

Gostaria de associar melhora das pálpebras e supercílios? Conheça os procedimentos indicados

Postado por explay em 02/fev/2022 - Sem Comentários

Para quem deseja ter uma melhor aparência das pálpebras e dos supercílios, procedimentos como blefaroplastia e videoendoscopia frontal são indicados 

Sabe aquele peso nos olhos que começa a incomodar ou até mesmo quando você demora para passar lápis na região dos olhos, por conta do excesso de pele? Saiba que existem procedimentos que são capazes de trazer uma melhora das pálpebras e supercílios. 

Caso você tenha se identificado com isso, nesse post vamos mostrar quais os procedimentos indicados para esses dois casos. Fique aqui e confira!

Blefaroplastia para retirar o excesso de pele e gordura nas pálpebras 

A blefaroplastia é indicada para retirar o excesso de pele e gordura das pálpebras. Assim, é possível melhorar a estética e autoestima, já que ela ajuda a amenizar o aspecto de pele caída e olhar cansado, algo visto ao longo do avanço da idade. 

Muitas pessoas se preocupam com o olhar, e em tempos de pandemia ele ficou ainda mais evidenciado em decorrência do uso de máscaras. Os olhos se tornaram o novo sorriso, que ficou escondido por trás dos equipamentos de proteção. Isso é refletido na maior procura pelo procedimento. De 2019 para 2020, por exemplo, houve um aumento de 50% no número de blefaroplastias

Esse procedimento pode ser feito tanto na pálpebra superior quanto na pálpebra inferior e, em na grande maioria dos casos, é realizado com anestesia local e sedação. Como recuperação após o procedimento, a paciente pode apresentar algumas manchas roxas nas pálpebras inferiores e leve a moderado inchado por duas ou três semanas. 

A blefaroplastia, no entanto, não é simplesmente estética, já que algumas pessoas têm a visão afetada e precisam remover esse excesso de gordura e pele na pálpebra. 

Videoendoscopia frontal para reposicionar os supercílios  

Em relação a videoendoscopia frontal, é indicada para quem deseja reposicionar os supercílios e obter uma aparência mais rejuvenescida com o olhar mais aberto

São feitas cinco pequenas incisões (cortes) verticais escondidas  no couro cabeludo, de 1,0 a 2,0cm,   e com o auxílio de uma microcâmera se faz a liberação dos ligamentos que tracionam os supercílios para baixo e que serão tracionados verticalmente e fixados. Dessa forma, é possível elevar e fazer um reposicionamento dos supercílios, o que traz uma aparência mais jovem e, ao mesmo tempo, leve. Você pode associar a videoendoscopia com a blefaroplastia, citada acima.  

Esse procedimento geralmente é feito com anestesia geral. A alta muitas vezes se dá  no mesmo dia da cirurgia e a recuperação leva em média duas semanas, dependendo do caso.  

Quer uma melhora das pálpebras e supercílios? Agende uma consulta com o Dr. Marcos Grillo 

O que achou desses dois procedimentos? Conte com um profissional com mais de 20 anos de experiência e credibilidade para a sua realização. 

Agende agora mesmo uma consulta com o Dr. Marcos Grillo e tenha a melhora na aparência que você tanto deseja. 

Videoendoscopia frontal: tudo o que você precisa saber

Postado por explay em 15/jan/2022 - Sem Comentários

Também conhecido como lifting frontal, o procedimento cirúrgico contribui para o rejuvenescimento facial

 

Com o passar dos anos, o surgimento de rugas e flacidez da pele são inevitáveis. Por isso, a videoendoscopia frontal, aparece como uma solução para quem almeja uma aparência mais jovem.

 

O procedimento consiste em reposicionar os músculos faciais (fronte, ou testa, e supercílios, região malar e maxilar anterior) de maneira mais simples do que outras cirurgias e com um resultado mais próximo do natural. 

 

Além de realinhar os músculos da face, com a videoendoscopia frontal também é possível aspirar excessos de gordura do corpo.

 

A seguir, você vai conferir mais informações sobre este procedimento.

 

Como funciona a videoendoscopia frontal na prática?

 

A cirurgia normalmente é utilizada quando a paciente deseja uma aparência com aspecto mais jovial. Ou seja, por meio dela é possível conseguir a elevação dos supercílios e o rejuvenescimento da região orbital.

 

Com o auxílio de uma microcâmera de vídeo e uma luz acoplada na ponta do endoscópio, o cirurgião consegue identificar exatamente as áreas que devem ser trabalhadas.

 

São realizadas cinco pequenas incisões (cortes) de 1,5 a 2,0 cm, região do couro cabeludo, sem deixar cicatrizes evidentes. 

 

Por se tratar de um procedimento relativamente simples, algumas pessoas optam por fazer ao mesmo tempo, a blefaroplastia, técnica para correção de pálpebras caídas.

 

O tempo de recuperação é curto e o paciente poderá retornar às suas atividades diárias em até dez dias e aos exercícios físicos em 20 dias. 

 

Mas lembre-se que a videoendoscopia frontal se trata de um procedimento cirúrgico, portanto, é imprescindível que seja realizado com um médico com experiência neste tipo de cirurgia plástica.

 

Agende uma consulta com o Dr. Marcos Grillo

 

O Dr. Marcos Grillo é Cirurgião Plástico, Mestre e Doutor em Cirurgia Plástica formado pela USP. Especialista em cirurgias plásticas estéticas e reparadoras, atua em Curitiba há mais de 20 anos, com alto preparo e qualidade.

 

Pensando em renovar a sua aparência? Entre em contato para agendar uma consulta com o Dr. Marcos Grillo e transforme a sua autoestima!

Procedimentos estéticos que serão tendência em 2022

Postado por explay em 05/jan/2022 - Sem Comentários

Está pensando em renovar o visual? Então venha conferir os procedimentos estéticos que serão tendência para este ano

 

Estudos mostram que mais pessoas estão recorrendo a cuidados com a aparência e procedimentos estéticos, influenciados pela pandemia.

Principalmente no que se refere aos cuidados faciais, a skincare tornou-se uma grande aliada de quem estava confinado e não abria mão de cuidar do visual em casa.

 

Seguindo este fluxo, os procedimentos de estética facial com foco na amenização de rugas, linhas de expressão e manchas, estão entre os mais desejados para este ano. Vem conferir!

 

5 procedimentos estéticos que estarão em alta neste ano

 

Peeling químicos

 

O procedimento serve para remover a camada de células mortas da pele, acelerando o processo de renovação celular e aumentando a produção de colágeno.

 

Como resultado, a pele fica com uma aparência mais saudável com a redução das manchas, rugas e linhas de expressão. Além de amenizar cicatrizes de machucados, acnes e oleosidade.

 

Luz intensa pulsada

 

Utilizado para tratar manchas, rugas finas e linhas de expressão. A Luz Pulsada também contribui para a remoção de pelos indesejados. No caso dos homens, por exemplo, o procedimento também ajuda eliminar os fios que ficam encravados após o barbear.

 

O tratamento também aparece como solução para outros problemas como: rosácea, acnes, estrias e olheiras. Ter uma pele saudável e bem cuidada é uma das tendências para 2022.

 

Radiofrequência

 

Xô Flacidez! A radiofrequência é recomendada para tratamentos de flacidez do rosto e do corpo, além de combater as rugas, linhas de expressão e até mesmo as celulites e gordura localizada.

 

Para ter a pele que você sempre sonhou, sem dúvidas este é um dos procedimentos estéticos mais recomendados.

 

Preenchimentos

 

Atenuam os sulcos faciais e aumentam o volume de regiões específicas da face como os lábios, as regiões malares, temporais, contorno da mandíbula e periórbita.

 

Os preenchimentos são realizados a partir da aplicação de ácido hialurônico nas regiões que a paciente deseja ressaltar.

 

Toxina botulínica

 

A aplicação da toxina botulínica (Botox R) é recomendada especialmente para quem quer amenizar as rugas dinâmicas frontais ao redor dos olhos e pés de galinha.

 

Outras regiões da face, como supercílios e base do nariz, também podem receber a aplicação. Como resultado, reduz a força do músculo depressor da ponta nasal elevando discretamente os lábios, cantos da boca e o pescoço.

 

O tratamento ainda pode ser utilizado em casos de sudorese excessiva (hiperidrose) nas axilas, palmas das mãos e plantas dos pés.

 

Quer realizar algum destes procedimentos estéticos em 2022? Entre em contato, agende um horário com o Dr. Marcos Grillo e renove o seu visual.