Orelhas em abano

Postado por Marcos Grillo em 06/jun/2013 - Sem Comentários

A orelha em abano é uma deformidade congênita benigna cujas características são aumento do ângulo céfalo-conchal (entre o crânio e a parte posterior da orelha), apagamento da anti-hélix (dobra da cartilagem) e , algumas vezes, hipertrofia da escafa (parte da cartilagem com formato de cuba).

A cirurgia para correção denomina-se otoplastia e está indicada a partir dos sete anos de idade. Pais ansiosos devem aguardar a criança atingir esta idade mínima e a própria criança reclamar da deformidade.

A cirurgia é rápida, sob anestesia local e sedação, com cicatriz retro-auricular (atrás da orelha). Existem diferentes técnicas porém todas trabalham reconstruindo a anatomia da orelha. A internação é de algumas horas.

A recuperação é rápida, necessitando afastamento das atividades escolares por cinco a sete dias e utilização de faixa por uma a duas semanas.