Gordura Visceral

Postado por Marcos Grillo em 09/set/2013 - Sem Comentários

A gordura visceral é aquela localizada no interior da cavidade abdominal, isto é, sobre e entre os órgãos (estômago, intestinos, fígado, baço, pâncreas). Existe uma “cortina de gordura” chamada “grande epíploon” que tem a função de proteger os órgãos intra-abdominais. Por exemplo, quando existe um processo inflamatório em algum órgão, como o apêndice, esta gordura o engloba para evitar que este processo inflamatório progrida para outros órgãos.

Quando nós aumentamos de pêso, todo o tecido adiposo corporal aumenta de volume. Portanto, a gordura visceral também aumenta de volume. E esta só reduz o volume quando emagrecemos. A abdominoplastia têm por objetivo reduzir o excesso de tecido (pele e gordura extra cavitária ou superficial). Não se faz uma laparotomia (abertura da cavidade abdominal) para remover a gordura visceral.

Desta forma, para se obter um resultado esteticamente favorável na abdominoplastia, há a necessidade do paciente estar muito próximo do pêso ideal para a idade.

A gordura visceral atrapalha o resultado da abdominoplastia

Postado por Marcos Grillo em 26/jun/2013 - Sem Comentários

A gordura visceral é aquela localizada no interior da cavidade abdominal, isto é, sobre e entre os órgãos (estômago, intestinos, fígado, baço, pâncreas).

Existe uma “cortina de gordura” chamada “grande epíploon” que tem a função de proteger os órgãos intra-abdominais. Por exemplo, quando existe um processo inflamatório em algum órgão, como o apêndice, esta gordura o engloba para evitar que este processo inflamatório progrida para outros órgãos.

Quando nós aumentamos de pêso, todo o tecido adiposo corporal aumenta de volume. Portanto, a gordura visceral também aumenta de volume. E esta só reduz o volume quando emagrecemos.

A abdominoplastia têm por objetivo reduzir o excesso de tecido (pele e gordura extra cavitária ou superficial). Não se faz uma laparotomia (abertura da cavidade abdominal) para remover a gordura visceral. Desta forma, para se obter um resultado esteticamente favorável na abdominoplastia, há a necessidade do paciente estar muito próximo do pêso ideal para a idade.

Abdominoplastia ou dermolipectomia abdominal

Postado por Marcos Grillo em 20/mar/2013 - Sem Comentários

A maioria das pessoas têm a impressão que o objetivo desta técnica é apenas retirar o excesso de pele flácida e gordura do abdômen. Vasconez, um renomado cirurgião plástico norte americano, enumerou os benefícios desta cirurgia.

1. Retirada do excesso de pele e gordura infra-umbilicais.

2. Sutura da aponeurose dos músculos reto abdominais desde a pubis até o processo xifóide, corrigindo a separação (diastase) dos músculos reto abdominais, desta forma reduzindo a circunferência do abdômen e afinando a cintura.

3.Reconstrução da cicatriz umbilical, deixando-a menor e mais rasa.

4. Tração da região supra púbica, remodelando o monte de vênus.

5. Discreta tração dos tecidos pélvicos e da raiz da coxa, reduzindo a flacidez dos mesmos.

Portanto, a abdominoplastia é uma cirurgia que vai além da região abdominal. Muitas vezes associa-se a lipoaspiração do retalho abdominal para afiná-lo superiormente. A esta cirurgia denomina-se lipoabdominoplastia e foi idealizada por um exímio cirurgião plástico brasileiro de Santos chamado Osvaldo Saldanha.