Abdominoplastia ou dermolipectomia abdominal

Postado por Marcos Grillo em 20/mar/2013 - Sem Comentários

A maioria das pessoas têm a impressão que o objetivo desta técnica é apenas retirar o excesso de pele flácida e gordura do abdômen. Vasconez, um renomado cirurgião plástico norte americano, enumerou os benefícios desta cirurgia.

1. Retirada do excesso de pele e gordura infra-umbilicais.

2. Sutura da aponeurose dos músculos reto abdominais desde a pubis até o processo xifóide, corrigindo a separação (diastase) dos músculos reto abdominais, desta forma reduzindo a circunferência do abdômen e afinando a cintura.

3.Reconstrução da cicatriz umbilical, deixando-a menor e mais rasa.

4. Tração da região supra púbica, remodelando o monte de vênus.

5. Discreta tração dos tecidos pélvicos e da raiz da coxa, reduzindo a flacidez dos mesmos.

Portanto, a abdominoplastia é uma cirurgia que vai além da região abdominal. Muitas vezes associa-se a lipoaspiração do retalho abdominal para afiná-lo superiormente. A esta cirurgia denomina-se lipoabdominoplastia e foi idealizada por um exímio cirurgião plástico brasileiro de Santos chamado Osvaldo Saldanha.

Abdominoplastia após a cirurgia bariátrica

Postado por Marcos Grillo em 20/mar/2013 - Sem Comentários

As cirurgias bariátricas estão cada vez mais populares devido ao aumento da obesidade e suas consequências a saúde. Ontem, o ministério da saúde divulgou dados alarmantes sobre o problema da obesidade em nosso país. 28% da população brasileira sofre da obesidade. Ultrapassamos os Estados Unidos da América onde 25% da população sofre deste mal.

A abdominoplastia é uma das várias cirurgias que têm indicação após o emagrecimento exagerado consequente da cirurgia bariátrica. Nestes pacientes, a abdominoplastia pode ser a tradicional com a cicatriz apenas horizontal no abdômen inferior nos casos onde o excesso de tecido é apenas na região infra-umbilical.

Quando existe excesso também no sentido longitudinal (vertical) a cirurgia indicada é a abdominoplastia em âncora. Existe também a abdominoplastia circunferencial quando se associa a mesma cirurgia a retirada do excesso de tecido da porção inferior do dorso, como se fosse um cinto largo, também denominada de “belt lipectomy”.

Em alguns casos pós bariátricos existem as hérnias incisionais que são consequentes a fraqueza da parede abdominal no local onde foi realizada a incisão para a abertura da cavidade abdominal. Portanto, então associa-se a herniorrafia, que é a correção da hérnia, muitas vezes sendo necessário a interposição de uma tela de material sintético denominado marlex.